ELEIÇÃO " O PODER DO VOTO"

Vivemos atualmente em um regime democrático que siguinifica literalmente um governo do povo, que emana do povo e que a ele pertence. Regime que foi criado na Grécia Antiga onde os gregos elegiam seus representantes e a eles delegavam o poder de representá-los na defesa de seus interesses. Hoje também nus é dado o direito de elegermos nossos representantes Políticos que, devem respeitar o poder que lhe são facultados para bem nos representar e defender nossos interesses, nossas causas e sempre agir norteados pelos valores da ÉTICA, da MORAL e principalmente pensando sempre na defesa dos interesses coletivos da população. Mais será que é isso que acontece hoje com os nossos políticos? A verdade está ai para nos mostra que não, ao contrário, grande parte dos políticos se utilizam do poder que lhe são dados através do voto, para defender apenas os seus interesses pessoais, e estão ai vários exemplos: O Menasalão, o escândalo do panetone no Distrito Federal como governador Arruda recebendo propina e etc.Enquanto os políticos (não todos mas a grande maioria)ficam ricos comendo na mesa farta do poder,Banqueiros ficam cada vez mais ricos,milionários.O Povo continua pobre(são milhões de pessoas vivendo a baixo da linha da pobreza no Brasil.)sem Educação,sem Moradia,sem Saúde sem direito a VIDA.Vida esta que Deus gerou e que os homens a tiram, pois não a vida se não a o que comer se não a onde morar.O povo tem que ter ao menos o direito de ter Esperança de uma vida melhor.Os políticos e todos nós devemos estar comprometidos com o povo de Deus e juntos lutar para acabar com a fome e fazer acontecer Justiça Social. Novamente está em nossas mãos a possibilidade de mudança, mais, uma mudança verdadeira do velho para o novo, já passamos por várias experiências e podemos distinguir o bom do mau político, devemos analisar quem de fato esta trabalhando por uma melhor condição de vida da população, quem esta ao lado da população lutando por uma vida melhor e por nossos Direitos, e, diferenciar essas pessoas daqueles políticos que só aparecem de quatro em quatro anos. Temos uma grade responsabilidade, pois quem elege nossos Vereadores, Deputados, Prefeitos, Governadores e Presidentes somos nós, o que os colocam no poder é o nosso voto. Por tanto o poder é nosso; Então temos que fazer nossa parte para depois cobrar que os políticos façam a parte deles. Para isto devemos estar Organizados e Unidos, pois o poder está em nossas mãos. Um Brasil melhor é possível!Basta agente querer e ir LUTA! Felipe Curi

cidadão em ação

cidadão em ação
inalguração de conjunto residêncial na imbiribeira ao lado do prefeito João da Costa e da Presidente da Caixa Economica

terça-feira, 9 de março de 2010

COMO CONVIVER E SE RELACIONAR COM O OUTRO?
“Você pode conviver com milhares de animais e talvez nuca será frustrado, mas se conviver com um ser humano, por melhor que seja a relação,um dia haverá algumas intensas frustrações.Tal consciência nos protegerá. Augusto Cury.” Este autor de brilhantes livros me trás a inspiração para discernir através da leitura de um de seus livros sobre esta que talvez seja uma das maiores problemática do ser humano, COMO COVIVER E SE RELACIONAR COM O OUTRO(A).Se você pensar através da ótica da convivência entre duas pessoas que tem por obrigatoriedade se relacionar, este pensamento se torna ainda pior, mas se você pensar em uma relação construída através da convivência do dia à dia, agente acaba se deparando com um situação como esta a cima citada. E ai que está o problema porque teremos que ter o discernimento para separa o que pode ser uma frustração corriqueira causada por uma insatisfação passageira, de uma frustração que mexeu internamente com você, que talvez seja tão grande que nunca mais terá nenhum relacionamento entre essas duas pessoas. Mais como discernir entre essas duas situações? Como perceber que o que você espera do outro nem sempre é perceptível ou realizável naquele momento pela outra pessoa?A convivência entre dois, um casal, já é extremamente difícil, imagina com muitos outros, diferentes na sua essência, na forma de ver o mundo e as pessoas, é intrigante e ao mesmo tempo instigante. Se relacionar com as diferenças para me e principalmente pelo que eu gosto e o que me move nesta vida, a Política (lógico que na sua melhor forma e interpretação) é fundamental e importantíssimo aceitar as diferenças, mas não quer dizer que seja fácil, é dificílimo a arte de bem conviver com o outro e a ter, com se mesmo! Nas sociedades capitalistas esta tarefa se torna ainda mais complexa por que o fundamental é a acumulação de riquezas, a concorrência, o individualismo é o vale tudo pra conseguir o que se quer, e nessa lógica a relação humana passa a ser um jogo de interesses, se for interessante para me relacionar-me com aquele individuo pra alcançar meus objetivos, e, diga-se de passagem, mesmo tendo que passar por cima de tudo e de todos, seja ético ou não, vou fazer. Pois o meu objetivo é maior de que minha própria consciência ou o medo de pagar no futuro por algo que fiz no passado. E nesta caminhada louca para TER ao invés do SER, tudo é possível e você se depara com a face mais tenebrosa do ser humano a onde ele é capaz de tudo para conquistar aquilo que ela quer, é capaz de passar por cima de tudo e de todos para TER mais e mais, e a única verdade que existe é a sua, e a vida nus ensina que: ”Quem crê que seus pensamentos são verdades absolutas está preparado para ser DEUS e não um ser humano”. A. Cury. E com este pensamento encerro esta breve reflexição de uma das coisas mais complexas da humanidade, como conviver e se relacionar com o outro?